Superego e o depoimento de amigas especiais!

Hoje teve post meu lá no blog Delicinhas de Pera!! Modéstia parte, esta valendo a leitura. Finalmente, consegui passar a limpo tudo que anotei durante a palestra da Dulce Magalhães que eu fui em maio, e assim, surgiu um texto bem bacana sobre escolhas e foco.
Como qualquer pessoa que se enquadre no famoso jargão “Freud explica”, venho procurando conviver às boas com o meu superego. Já sofri tanto com adjetivos a mim atribuídos por pessoas com olhares cansados e viciados, que há algum tempo venho tentando receber os elogios dados à mim, como uma forma de presente, daquele que só agradecemos com um largo sorriso no rosto.
Porém, todavia, entretanto, não adianta! Vira e mexe, lá esta o meu diabinho, que representa o já mencionado superego, tentando me inibir e me forçar a me comportar de maneira modesta, daquelas que diante de um elogio rasgado, respondem um “Ah, para com isso” e que mesmo super feliz com o que lhe foi dito, fica procurando um motivo pra não aceitá-lo. Afinal, estaríamos nos achando, não?
Então que lendo um email que a querida Laryssa Borges (que conheci na Casa Tpm, de quem já falei aqui e que escreve no blog “Dando tilt”) me mandou, lembrei de um antigo depoimento deixado pra mim, no já finito Orkut, por uma queridíssima amiga, a Camila (que tem um blog aonde publica suas deliciosas aventuras no mundo das artes), pessoa que eu tenho entre as minhas top 10 quando o assunto é saber usar as palavras, resolvi mandar um “beijonãomeliga” pro meu superego e compartilhar com vocês, os depoimentos dessas duas amadas. Que não são amadas por mim, por simplesmente terem me descrito de uma forma belíssima e sublime, mas porque são pessoas verdadeiras e transparentes assim como eu, o que se reflete nas suas palavras.
Por ordem cronológica de tempo de amizade e consequentemente, de data do depoimento, vou começar com as palavras da Camila:
“Jú em uma palavra: Encanto!

Acredito que cada pessoa carrega consigo características que em algum momento irão despertar qualquer bom sentimento que nos faça admirar, gostar, querer ver repetir, gostar de estar perto… cada pessoa, em algum momento, por alguma razão irá Encantar..
Juju vem me encantando.. cada dia de alguma maneira… cada dia por algum motivo… algum traço..
Nada pode ser mais espontâneo do que ela.. quando confessa, quando gargalha, quando procura, quando conquista… Nada pode ser mais encantador do que ser espontâneo..e ela prova isso..
O espontâneo é natural, confiável, sincero… dele sabemos oq esperar, é mais simples compreender, mais fácil gostar, e fatalmente se encantar…
A Ju é assim.. natural, doce e sensível, risonha q desperta o riso, amiga de segunda a domingo, confiável, mais do que agradável, interessada e interessante, confusa e explicada, um milhão e uma…um sonho..um encanto!

Sou um tanto mais feliz por ter vc, um Plus, uma Ju, a Ju, na minha vida!
Beijo*
Cá”

Essa foto foi no último dia da Camila morando aqui em Floripa e essa amizade já gerou um post no meu antigo blog. E por causa desse meu post, ganhei essa tela linda, que hoje decora a sala da minha casa.
Amiga, saudades eternas dos nossos encontros frequentes! Mas sei que mesmo longe, o carinho continua o mesmo e eu te sinto bem aqui, pertinho, dentro do meu coração.
Agora vamos ao depoimento que eu recebi da Laryssa por email, depois que voltamos de São Paulo.
“Ai, assim você me mata (morre Teló!) huahuahua
Nossa, Ju, como não me emocionar com uma declaração tão linda assim!!!
Dos vínculos despretenciosos é que nasceram as amizades mais lindas da minha vida. Não precisei gostar de você por um motivo. Simplesmente curti, nos divertimos, aprendemos das mesmas coisas lições diferentes, sem julgar ou rotular uma a outra.
Você É. Sem cliché, sem rótulo. Só é a Juliana Baron. Talvez por você estar ali, solta, sem marido, mãe, filho, amigas, você era só você. Pura, inteira, integral. E é essa inteireza que me fez te relacionar a brisa leve daquele sábado (tá, os cabelos lisos e louros soltos ao vento também ajudaram muito com essa imagem… huahuahua).
Ser livre é isso: se entregar ao que você é, se agarrar aos valores que fazem de você mais você, e se sentir segura nos casulos que você constrói, que de tempos em tempos te transformam, te dão asas novas…
(Já já tem post novo no Dando Tilt, onde continua essa filosofia…)
Obrigada pelo carinho, e tenha a certeza de que eu tenho por você também um carinho imenso por tudo que eu vi refletir em você: a mãe descolada, a mulher evoluida, a garota instigada pela vida (e por ser locomovida, como diria a Vivian)
Beijos, beijos, beijos!!!”

Na foto, eu e Laryssa no primeiro dia da Casa Tpm.

E não é de se derreter se vendo no depoimentos de pessoas que você mesmo considera tão especiais?

Obrigada Laryssa e Camila, por me desviarem a atenção das pessoas que me dão preguiça e por me lembrarem quem eu sou, na minha mais pura essência de pessoa que é e de pessoa espontânea.

Com certeza, de alguma forma, vocês farão parte da minha vida pra sempre. Mesmo que seja em um arquivo onde eu vou guardar eternamente essas palavras proferidas por vocês.

Boa semana gente!

beijo beijo

Anúncios

4 respostas em “Superego e o depoimento de amigas especiais!

  1. Ah, Ju, eu tenho evitado me render à rasgação de seda, mas é difícil ignorar o quanto essa exposição despretenciosa tem me iluminado e inspirado.

    Tô acompanhando a saga dos preparativos pro casamento, vendo o quanto essa fantasia é só a realização de uma coisa íntima, linda e real que você tem construído sua vida, com seu filho, seu namarido, que essa busca de si mesma não é sofrida, só inquieta.

    Fico emocionada com esse carinho que a gente tem uma pela outra, sem forma, sem historico. Tô rezando muito pra que o sorriso seja dominante, mas que a força de manter a cabeça erguida o coração aberto nunca a abandone.

    Mas é isso aí: vamos ser mais a gente, e que essa gente que tenta nos moldar aprenda a olhar primeiro o próprio umbigo!

    Ótima semana, linda!

  2. Pingback: O poder do Obrigado! – por Laryssa Borges | Blog "Psicologando"

  3. Pingback: As aventuras de Camila pela Arte. | Blog "Psicologando"

  4. Pingback: Casa Tpm 2013, eu vou! | Blog "Psicologando"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s