Organize-se!

Hoje teve minha terceira participação no blog “Sobre a Vida”. Nem preciso dizer como fico feliz com o retorno que recebo dos leitores do blog. Fico lisonjeada em saber que incito nas pessoas questionamentos a fim de que elas se tornem pessoas melhores e mais felizes!! Que 2013 venho com muita emulação!!!

Mas hoje eu vim falar sobre organização! Sempre brinco que no dia em que eu nasci, Deus disse: “Darei a essa menina o poder da organização” e ploft, minha mãe me pariu.

Sim, eu tenho uma ou duas gavetas mega bagunçadas, mas quem não tem?

IMG_8499

Minha gaveta de artigos “com fios”.

Como algumas pessoas pediram para eu dar algumas dicas de como manter casa e vida organizadas (não que as minha estejam sempre dessa forma), acho que não existe época melhor para falar sobre isso do que final de ano.

Todo ano se repete na minha lista “de coisas pra fazer”, que ao final dele, preciso dar uma ajeitada nos armários. Doar ou jogar fora o que já não preciso e organizar o que permaneceu dentro dos mesmos.

Pra ficar mais fácil de entender, decidi elencar alguns tópicos:

DOE! JOGUE FORA! Exerça o desapego. Mantenha uma caixa para as coisas que realmente tem um valor afetivo, mas o resto, aquilo que reside há anos nos seus armários, precisa sair dali. Eu sempre separo algumas sacolas pra facilitar. Em uma coloco o que vou doar, em outra o que vou jogar fora, em outra o que preciso queimar (extratos e afins), em outra o que preciso devolver para alguém, em outra o que precisa de conserto e em outra o que esta no lugar errado.

Sempre vá indo de armário em armário e de cômodo em cômodo. Porque caso haja alguma pausa nessa época de organização, não vai ficar aquela bagunça, que fará com que você desista e jogue tudo de volta pra dentro do armário.

– Pelo menos eu, sempre começo pelo armário de roupas e nele vou por partes: roupas dobradas, roupas penduradas, roupas nas gavetas, calças e sapatos.

– Sugiro, principalmente para quem é avesso à organizações, comprar aquelas caixinhas de plástico de diversos tamanhos. Organizo as bijus, meias calças, lenços…

Foto de uma das milhares de caixinhas que eu tenho.

Foto de uma das milhares de caixinhas que eu tenho.

Como me faltou gavetas e biquinis são difíceis de manter organizados, comprei essa caixa que coube certinho na minha prateleira.

Como me faltou gavetas e biquinis são difíceis de manter organizados, comprei essa caixa que coube certinho na minha prateleira.

– Também sempre compro itens que ajudam na organização, podendo ser de plástico ou não. No Supermercado Angeloni comprei um separador de calcinhas, por exemplo. Ele cabe certinho na minha gaveta e fica mais fácil de organizá-las. Também já comprei um de sapatos, que coloco embaixo da cama. Nele coloco sapatilhas e rasteirinhas.

No momento em que você decide organizar, deve começar a separar aquilo que vai doar ou jogar fora. Calcinhas rasgadas, meias muito furadas, algo que você não usa há mais de ano.

– Pra ajudar no processo sempre espalho tudo na cama, sento, liga a TV e fico ali separando e dobrando. Depois é só levantar e arrumar dentro do armário.

As roupas que ficam penduradas sempre exigem mais tempo. Tiro todas junto com os cabides, coloco na cama, separo o que vai sair dali, às vezes coloco alguma roupa que uso menos embaixo de outra e por fim separo por cores. Aquela velha dica de usar sempre cabides da mesma cor e virados pro mesmo lado ajudam bastante na questão visual. Além de facilitar na hora de escolher uma roupa, dão ao armário um ar da mais pura organização.

IMG_8495

– Tenho três gavetas. Uma de roupas íntimas, uma de pijamas e uma de roupas de ginástica. Na de roupas íntimas coloco o que eu uso pouco, como um sutiã colorido, dentro de um saco de pano que fica no fundo da gaveta. Na de pijamas deixo os que eu uso mais à frente e sempre preciso dar uma limpada porque acumulo muitos pijamas mas acabo usando apenas um ou dois. E na de ginástica a mesma coisa. Coloco luvas da academia, óculos de natação e afins.

Também comprei uma espécie de cabide com uma estrutura de pano cheia de nichos. Penduro no armário e nela guardo meus tops enrolados, meias mais grossas, polainas e essas coisas que ocupam muito espaço nas gavetas.

Naquela parte que fica embaixo das roupas penduradas guardo em caixas as minhas bijus, blusinhas regatas e meias calças. Aquele espaço sempre sobra e eu ganho espaço nas gavetas.

Algumas das caixas que mantenho embaixo das roupas penduradas.

Algumas das caixas que mantenho embaixo das roupas penduradas.

– Como meu armário é pequeno, a cada troca de estação preciso subir e descer as roupas. Esse momento também é ótimo pra se desfazer daquilo que você não precisa mais. Uso muito aqueles sacos á vácuo e pela segurança deles, até coloco as roupas no Home Box do meu prédio. Assim meu guarda roupa não fica socado na parte de cima.

– Outra parte da casa que sempre demanda tempo, mas que precisa de organização constante, são os armários do banheiro. Toalhas eu guardo em rolos e os remédios separo em caixas. Sempre aproveito pra jogar os vencidos fora e ver os que estão para vencer. Tenho uma gaveta de produtos fechados e quase sempre doo alguns produtos porque provavelmente não vou conseguir usar todos. Os que eu uso mais deixo à mão e os que uso menos coloco numa parte separada.

Para documentos num modo geral, certificados, notas de garantias, uso muito aquelas pastas de plástico sanfonadas. Devo ter umas dez aqui em casa, porque guardo muitos papéis. Elas ajudam muito na hora de organizá-los. Assim como faço na hora de arrumar os armários de roupas, sento na cama, espalho os papéis e vou formando pilhas de acordo com as categorias de separação das pastas. Depois é só colocá-las nas separações.

– Sou um pouco chata com o visual. Estou sempre ajeitando porta retratos, toalhas e juntando os papéis que o marido espalha pela casa. Então gosto sempre de deixar tudo bem alinhado. Porque por mais que a casa esteja um pouco bagunçada (principalmente pra quem tem criança pequena como eu), esse detalhe dá ao ambiente um aspecto de organizado. Entenderam-me?

Num modo geral é isso. Não tenho assim dicas infalíveis, a não ser a de comprar várias caixas transparentes ou usar as que você tem, tirar um tempo para essa organização e praticar a arte do desapego.

Com criança em casa, uma boa organização é fundamental para o bom andamento da rotina familiar. Sempre faço arrumações no quarto do João. Comprei várias daquelas caixas de plástico que mencionei acima e nelas separo carros, animais, bonecos, lápis. Fica até mais fácil pra guardar. Tiro os brinquedos quebrados, doo os que ele já não brinca mais e escondo outros. Aí vira e mexe faço uma troca e pra ele parece até que ganhou brinquedos novos.

Sei que muita gente não é do tipo organizada. Arrumar, organizar e limpar realmente são atitudes que nascem com você ou não. Mas mesmo que elas não venham acompanhadas de prazer, precisam ser praticadas de tempos e tempos por qualquer um. Quando eu era pequena, minha irmã me pagava R$ 2,00 pra eu arrumar o quarto dela. Sempre gostei disso. Praticidade é meu sobrenome. Desde pequena uma vez por semana arrumava o meu quarto. Ligava o som, colocava tudo no corredor de casa, limpava o quarto e colocava tudo de volta. Quer dizer, com algumas mudanças. Sempre que dava trocava a cor da parede do quarto, comprava um quadro novo, trocava a colcha, mudava alguns objetos de lugar e voi lá! Vida nova. Até já cheguei ao extrema de ficar neurótica com esse tipo de coisa. Ainda essa semana comentei sobre isso com a minha coaching. Quando a minha casa esta em desordem, parece que todo o resto da minha vida desanda também. Preciso trabalhar essa coisa de querer ter o controle de tudo, de querer que a minha casa esteja sempre impecável. Como aprendo nas minhas terapias, tudo que é demais, é demais! Uma boa dose de equilíbrio é sempre fundamental.

Espero que eu tenha tocado o coração de alguém….hahahaha.

Logo eu volto contando como faço pra organizar a minha rotina e facilitar a correria do meu dia a dia.

beijo beijo

Anúncios

11 respostas em “Organize-se!

  1. Super leve, atual e contagiante o seu Post! Adoro e ás vezes parce que sou “me lendo” ali nas suas palavras! Sucesso em 2013!
    Ah! Estou super feliz que você faz Coaching ….beijos
    Chai Carioni

  2. Muito bacana esse post, de tempos em tempos também dou uma geral no meu quarto e no quarto da pequena, brinquedos então, doamos sempre, desde bem pequena ensinei ela a doar os brinquedos, como filha única, neta e sobrinha única do meu lado, imagine a quantidade de brinquedos! Baci Thati

  3. Aiii como eu gostaria de ter essa disposição …
    Com uma filha de 1 ano e 10 meses, preciso mostrar pra ela que organização é fundamental … MAS NAO CONSIGOO!!!

    Nesse momento, minha sala tá cheia de brinquedos, cadeirão de alimentação sujo ainda da janta, meu banheiro cheio de roupas e toalhas e brinquedos também, meu quarto tem duas bacias de roupas, que já se misturaram limpas com sujas, meu guarda roupas, UM CAOS, minha penteadeira, tem de tudo em cima, minha cozinha … AI CÉUS, louça suja na pia, panelas de comida no fogão, louça suja no balcão e mais brinquedos espalhados no chão, minha varanda, tem mais roupas em cima da mesa, roupas limpas, sem passar, brinquedos espalhados por tooooooda a varanda … o escritório, tem copos sujos, cinzeiros cheios, papeis por tooooodo o lado …
    O único lugar da casa que está habitável é o quarto da minha filha, limpo e impecável … Guarda roupas organizados, cômodas e o chão brilhando …. Esse eu não descuido nunca ,,,, MAS O RESTANTE DA CASA, CAOS TOTAL …
    Não consigo mais meninas, to exausta, tô a ponto de explodir de tanto cansaço. Tudo que eu faço hoje, amanhã está desfeito …. É terrivel, ufa, desabafei!

    • Thais, mas jamais pense que tudo são flores para os outros não. Eu tenho um filho que até hoje, com quase 3 anos, ainda não dorme bem. Então eu também vivo cansada ao extremo. E com criança pequena é difícil mesmo conseguimos manter a casa organizada. Tem que ter muito jogo de cintura.

      Mas também te digo que não é impossível. Como eu sou doida por organização, quando o João era bebê e como o meu apartamento é pequeno, precisava inventar alternativas para tentar manter a minha casa organizada o mínimo possível. Esvaziei um armário embaixo da televisão e quando o João dormia ou estava fazendo outra coisa, jogava tudo lá dentro. Selecionava brinquedos também. Porque se não, a cada vez que ele brincava eram milhares de coisas no chão.

      O resto da casa é tentar deixar tudo funcional também. Como eu falei tem gente que é organização e outras não. Mas se a sua “bagunça” esta te incomodando, separa uns minutos por dia pra organizar cada parte da casa. Começa a mostrar pra sua filha que você possui outras obrigações além dela. No começo eles não entendem! Mas precisamos mostrar isso a ele. Hoje o João me vê no computador e já sabe que eu estou trabalhando. Eu explico tudo pra ele. Às vezes ele tenta me tirar dali, mas eu não cedo. E com a casa é a mesma coisa. Ele já sabe que eu preciso arrumar a cama. Se ele não me ajuda a guardar os brinquedos, eu tiro eles dele por um tempo.

      Precisamos ter limite pra tudo. Dar limite pra eles e entender que também temos o nosso. Se estais cansada dessa forma, a tua prioridade deve ser descansar e não ficar se encanando com a casa. Te entendo porque durante muito tempo achei que ia explodir de tanto sono! Até hoje. Mas aprendi a lidar com ele e tenho sorte que ele gosta de assistir TV, então vira e mexe deixo ele na frente da TV e arrumo a casa ou dou uma deitada no sofá.

      Mas não se entrega Thais!!!!!!!! Não repita para si mesmo que não consegue. Porque nós conseguimos. Não que tenhamos que fazer tudo porque também é preciso que tu selecione o que é importante do que é urgente. Mas tu vai ver que passa rápido e ainda vais rir dessa situação. JURO! Sempre fui muito estressada por causa dos cuidados com o João. Mas amadureci, compreendi que aquilo era uma fase e que eu deveria passar por ela da melhor forma que eu pudesse fazer. Nunca me comparando com os outros, porque cada um dá aquilo que tem pra dar. Mas o melhor de você, eu tenho certeza que consegues dar.

      Continua olhando o blog mas também entende que esse pode ser um momento que tens para dar uma desligada!

      Adorei a tua participação. Desabafar faz parte e é bem importante também!

      beijos

  4. Pingback: Notícias e atualizações. | Blog "Psicologando"

  5. Pingback: Organize-se | Blog Psicologando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s