Agradecimento e novidades!

Primeiramente meninas, A-D-O-R-E-I os comentários!!! Tanto os que eu tive autorização de publicar, como os que a pedidos guardei para mim mesma.

Já imaginava o perfil das leitoras e com os depoimentos de vocês só confirmei a linha de pensamentos dos próximos textos.

Ando na correria por conta da proximidade do fim das férias, tanto minhas, como do João. Ainda estou na praia mas todos os dias corro aqui para o nosso apartamento para dar encaminhamento à algumas mudanças na decoração. Como algumas devem perceber, adoro mudar, essencialmente o layout aqui de casa. Ontem pintaram as paredes da sala e sozinha estou pintando quatro móveis. Como não quero que o João acompanhe esse processo, porque sei que ele vai acabar me atrapalhando, estou correndo pra deixar tudo pronto para sábado, que é quando oficialmente voltamos pra casa. Também estou aproveitando para dar uma organizada nos armários e como li muito sobre desapego nesse mês de janeiro, estou tirando um tempo para me desapegar de algumas coisas que andavam ocupando muito espaço por aqui.

IMG_9799 IMG_9800

Segunda feira começam as aulas do João, a santa que trabalha aqui em casa volta de férias e eu teoricamente retomo a minha vida. Já entrei em contato com o meu novo personal (novo e único porque nunca tive nenhum), que vai me atender na academia do meu prédio às seis da manhã, ou seja, antes de eu ir pra faculdade, que começa no dia 14 de fevereiro. Essa decisão faz parte de uma das minhas metas esse ano: parar de brigar com a balança e pesar 60kg! Como vou estudar de manhã a partir das 07:50, trabalhar à tarde e como quero reservar as minhas noites para estudar e ficar com a família, o único horário que me sobrou foi esse cedinho. Mas particularmente eu AMO acordar cedo e sentir que o dia rendeu. Liguei agora a pouco para o Renato, meu personal e conversamos muito sobre o início do meu processo com ele. Estou bem otimista e feliz com essa minha determinação.

Então com todas essas programações, imaginem a loucura e a falta de tempo para fazer qualquer outra coisa que não descansar as minhas costas. Serão muitas novidades num período curto de tempo e eu estou procurando absorvê-las da melhor forma possível. Cada uma pode render um texto inteiro e por eu achar importante dividi-las com vocês, estou deixando pra escrever tudo depois.

Com relação ao meu universo de blogueira/escritora, semana passada teve um texto meu publicado no blog “Delicinhas de Pera” e logo vocês poderão ler meu quarto texto no blog “Sobre a Vida”. De resto, ainda estou numa fase de introspecção e planejamentos.

Conforme já antecipei por aqui, logo lanço o meu novo blog sobre o meu caminhar na faculdade de Psicologia e sobre assuntos mais reflexivos. O blog esta bem fofo e já tenho duas presenças ilustres confirmadas para enriquecê-lo: o psicólogo Frederico Mattos, autor do blog “Sobre a Vida” (que esta de cara nova).

314292_10150666808347677_1600410788_n

E a minha coaching querida Ana Cristina Garlet.

487173_4262546288162_1634011968_n

Demais, não?

Então por enquanto era isso. Preciso agora terminar de pintar o penúltimo móvel e voltar correndo para Jurerê pra ficar agarrada no meu João nesse finalzinho de férias.

Logo eu volto com mais novidades e assim que der responderei cada comentário do último post.

beijo beijo

Anúncios

Organize-se!

Hoje teve minha terceira participação no blog “Sobre a Vida”. Nem preciso dizer como fico feliz com o retorno que recebo dos leitores do blog. Fico lisonjeada em saber que incito nas pessoas questionamentos a fim de que elas se tornem pessoas melhores e mais felizes!! Que 2013 venho com muita emulação!!!

Mas hoje eu vim falar sobre organização! Sempre brinco que no dia em que eu nasci, Deus disse: “Darei a essa menina o poder da organização” e ploft, minha mãe me pariu.

Sim, eu tenho uma ou duas gavetas mega bagunçadas, mas quem não tem?

IMG_8499

Minha gaveta de artigos “com fios”.

Como algumas pessoas pediram para eu dar algumas dicas de como manter casa e vida organizadas (não que as minha estejam sempre dessa forma), acho que não existe época melhor para falar sobre isso do que final de ano.

Todo ano se repete na minha lista “de coisas pra fazer”, que ao final dele, preciso dar uma ajeitada nos armários. Doar ou jogar fora o que já não preciso e organizar o que permaneceu dentro dos mesmos.

Pra ficar mais fácil de entender, decidi elencar alguns tópicos:

DOE! JOGUE FORA! Exerça o desapego. Mantenha uma caixa para as coisas que realmente tem um valor afetivo, mas o resto, aquilo que reside há anos nos seus armários, precisa sair dali. Eu sempre separo algumas sacolas pra facilitar. Em uma coloco o que vou doar, em outra o que vou jogar fora, em outra o que preciso queimar (extratos e afins), em outra o que preciso devolver para alguém, em outra o que precisa de conserto e em outra o que esta no lugar errado.

Sempre vá indo de armário em armário e de cômodo em cômodo. Porque caso haja alguma pausa nessa época de organização, não vai ficar aquela bagunça, que fará com que você desista e jogue tudo de volta pra dentro do armário.

– Pelo menos eu, sempre começo pelo armário de roupas e nele vou por partes: roupas dobradas, roupas penduradas, roupas nas gavetas, calças e sapatos.

– Sugiro, principalmente para quem é avesso à organizações, comprar aquelas caixinhas de plástico de diversos tamanhos. Organizo as bijus, meias calças, lenços…

Foto de uma das milhares de caixinhas que eu tenho.

Foto de uma das milhares de caixinhas que eu tenho.

Como me faltou gavetas e biquinis são difíceis de manter organizados, comprei essa caixa que coube certinho na minha prateleira.

Como me faltou gavetas e biquinis são difíceis de manter organizados, comprei essa caixa que coube certinho na minha prateleira.

– Também sempre compro itens que ajudam na organização, podendo ser de plástico ou não. No Supermercado Angeloni comprei um separador de calcinhas, por exemplo. Ele cabe certinho na minha gaveta e fica mais fácil de organizá-las. Também já comprei um de sapatos, que coloco embaixo da cama. Nele coloco sapatilhas e rasteirinhas.

No momento em que você decide organizar, deve começar a separar aquilo que vai doar ou jogar fora. Calcinhas rasgadas, meias muito furadas, algo que você não usa há mais de ano.

– Pra ajudar no processo sempre espalho tudo na cama, sento, liga a TV e fico ali separando e dobrando. Depois é só levantar e arrumar dentro do armário.

As roupas que ficam penduradas sempre exigem mais tempo. Tiro todas junto com os cabides, coloco na cama, separo o que vai sair dali, às vezes coloco alguma roupa que uso menos embaixo de outra e por fim separo por cores. Aquela velha dica de usar sempre cabides da mesma cor e virados pro mesmo lado ajudam bastante na questão visual. Além de facilitar na hora de escolher uma roupa, dão ao armário um ar da mais pura organização.

IMG_8495

– Tenho três gavetas. Uma de roupas íntimas, uma de pijamas e uma de roupas de ginástica. Na de roupas íntimas coloco o que eu uso pouco, como um sutiã colorido, dentro de um saco de pano que fica no fundo da gaveta. Na de pijamas deixo os que eu uso mais à frente e sempre preciso dar uma limpada porque acumulo muitos pijamas mas acabo usando apenas um ou dois. E na de ginástica a mesma coisa. Coloco luvas da academia, óculos de natação e afins.

Também comprei uma espécie de cabide com uma estrutura de pano cheia de nichos. Penduro no armário e nela guardo meus tops enrolados, meias mais grossas, polainas e essas coisas que ocupam muito espaço nas gavetas.

Naquela parte que fica embaixo das roupas penduradas guardo em caixas as minhas bijus, blusinhas regatas e meias calças. Aquele espaço sempre sobra e eu ganho espaço nas gavetas.

Algumas das caixas que mantenho embaixo das roupas penduradas.

Algumas das caixas que mantenho embaixo das roupas penduradas.

– Como meu armário é pequeno, a cada troca de estação preciso subir e descer as roupas. Esse momento também é ótimo pra se desfazer daquilo que você não precisa mais. Uso muito aqueles sacos á vácuo e pela segurança deles, até coloco as roupas no Home Box do meu prédio. Assim meu guarda roupa não fica socado na parte de cima.

– Outra parte da casa que sempre demanda tempo, mas que precisa de organização constante, são os armários do banheiro. Toalhas eu guardo em rolos e os remédios separo em caixas. Sempre aproveito pra jogar os vencidos fora e ver os que estão para vencer. Tenho uma gaveta de produtos fechados e quase sempre doo alguns produtos porque provavelmente não vou conseguir usar todos. Os que eu uso mais deixo à mão e os que uso menos coloco numa parte separada.

Para documentos num modo geral, certificados, notas de garantias, uso muito aquelas pastas de plástico sanfonadas. Devo ter umas dez aqui em casa, porque guardo muitos papéis. Elas ajudam muito na hora de organizá-los. Assim como faço na hora de arrumar os armários de roupas, sento na cama, espalho os papéis e vou formando pilhas de acordo com as categorias de separação das pastas. Depois é só colocá-las nas separações.

– Sou um pouco chata com o visual. Estou sempre ajeitando porta retratos, toalhas e juntando os papéis que o marido espalha pela casa. Então gosto sempre de deixar tudo bem alinhado. Porque por mais que a casa esteja um pouco bagunçada (principalmente pra quem tem criança pequena como eu), esse detalhe dá ao ambiente um aspecto de organizado. Entenderam-me?

Num modo geral é isso. Não tenho assim dicas infalíveis, a não ser a de comprar várias caixas transparentes ou usar as que você tem, tirar um tempo para essa organização e praticar a arte do desapego.

Com criança em casa, uma boa organização é fundamental para o bom andamento da rotina familiar. Sempre faço arrumações no quarto do João. Comprei várias daquelas caixas de plástico que mencionei acima e nelas separo carros, animais, bonecos, lápis. Fica até mais fácil pra guardar. Tiro os brinquedos quebrados, doo os que ele já não brinca mais e escondo outros. Aí vira e mexe faço uma troca e pra ele parece até que ganhou brinquedos novos.

Sei que muita gente não é do tipo organizada. Arrumar, organizar e limpar realmente são atitudes que nascem com você ou não. Mas mesmo que elas não venham acompanhadas de prazer, precisam ser praticadas de tempos e tempos por qualquer um. Quando eu era pequena, minha irmã me pagava R$ 2,00 pra eu arrumar o quarto dela. Sempre gostei disso. Praticidade é meu sobrenome. Desde pequena uma vez por semana arrumava o meu quarto. Ligava o som, colocava tudo no corredor de casa, limpava o quarto e colocava tudo de volta. Quer dizer, com algumas mudanças. Sempre que dava trocava a cor da parede do quarto, comprava um quadro novo, trocava a colcha, mudava alguns objetos de lugar e voi lá! Vida nova. Até já cheguei ao extrema de ficar neurótica com esse tipo de coisa. Ainda essa semana comentei sobre isso com a minha coaching. Quando a minha casa esta em desordem, parece que todo o resto da minha vida desanda também. Preciso trabalhar essa coisa de querer ter o controle de tudo, de querer que a minha casa esteja sempre impecável. Como aprendo nas minhas terapias, tudo que é demais, é demais! Uma boa dose de equilíbrio é sempre fundamental.

Espero que eu tenha tocado o coração de alguém….hahahaha.

Logo eu volto contando como faço pra organizar a minha rotina e facilitar a correria do meu dia a dia.

beijo beijo

Sonho de consumo

Mudando um pouco de assunto e pegando mais leve já no ritmo do final de semana….

Obedecendo um exercício que tinha no livro que a minha psicóloga pediu eu pra ler, comecei a fazer uma lista de objetivos, desejos, para essa semana, para esse mês, para esse ano e até pro ano que vem. Mas todos são objetivos-planos, como me lembrou ela, que podem ser alterados conforme as minhas mudanças. Não preciso engessá-los ao meu ser, me obrigar a cumprir todos, caso contrário, morrer de frustração.

E um dos meus objetivos é me mudar. Um dia, não precisa ser agora. Me mudar pra um apartamento que eu possa deixar a minha cara, do rodapé até o teto.Um apartamento que possa colocar móveis embutidos, investir sabendo que aquilo é meu. Nele eu quero tudo claro, chão de madeira, cortina esvoaçante, cozinha cheia de armários, quarto com MUITO espaço pras minhas coisas. Mas o principal, que eu vou desenhar antes mesmo de pensar no armário do banheiro, é a estante da minha sala. Juro que o dia que ela estiver pronta eu vou sentar e chorar porque ela é o meu sonho de decoração.

Então separei fotos de algumas que me inspiram.

Então, enquanto a minha não está pronta, eu vou acumulando livros pra preencher ela!!!

Essa é outra ideia que eu quero fazer na minha futura casa.

Estou bem feliz hoje. Minha mãe chegou de viagem, cheia de histórias bacanas, presentes orientais (que eu adoro desde sempre). Meu final de semana vai ser uma delícia, começando hoje com o Acústico Brognoli, amanhã tem minha festa de aniversário e domingo o aniversário de uma amigona! Oba.

Bom final de semana minha gente e feliz dia do amigo pra todos que como eu, possuem amigos maravilhosos!!!

beijo beijo