Ter sucesso não tem segredo…

…é preciso fazer o que se gosta ou aprender a gostar do que se faz. Sempre embasado em muita determinação e vontade de aprender cada vez mais.

E eu me agarro nesse texto abaixo, tão conhecido mas sempre tão inspirador, para começar a me programar mentalmente para o novo desafio da minha vida: começar uma nova faculdade.

Apesar de todos os facilitadores que me acompanharão nessa caminhada, como uma pessoa que cuida do meu filho, ausência de problemas financeiros, flexibilidade no horário de trabalho, um marido companheiro, maior maturidade, sei que encontrarei diversos obstáculos nos próximos cinco anos.

No meu processo de coaching no ano passado, tive como uma das tarefas de casa, refletir bastante sobre esse meu sonho que transformei em meta. Precisei pensar e analisar todos os lados dessa minha decisão e concluí que o que irá pesar mais será o tempo que eu vou precisar dedicar aos meus estudos e consequentemente me ausentar da convivência com o João.

Quando eu cursava Direito, sempre sonhava com o dia em que eu iria apenas trabalhar, porque achava que o tempo fora do trabalho era totalmente dedicado à outras atividades, já que a faculdade exige várias horas além das que você passa dentro da sala de aula. Claro que com o passar dos anos eu percebi que dependendo do trabalho o negócio não funciona exatamente dessa forma. Mas consciente desse fato de que entrar na faculdade automaticamente fará com que eu precise abdicar de algum tempo livre e de passar mais tempo com o João e com o Marco, sigo confiante e determinada. Como já escrevi uma vez, essa culpa que nós mães carregamos com relação à algumas escolhas que precisamos fazer ao longo da nossa vida, como mães e outros tantos papéis que exercemos, serve somente para nos envelhecer. Nada mais.

Confesso que essa condição da restrição de tempo nunca foi um fator preocupante para mim durante o meu processo de reflexão quanto à essa escolha. Sei que vou precisar organizar bem minha semana para dar conta de tudo, porque como eu disse, a faculdade não vai consumir apenas todas as manhãs (das 07:50 às 12:10) da minha semana e sim todo o tempo que eu puder dispor para estudar etc. Mas confio no meu poder de organização e no companheirismo e compreensão do meu marido e da minha família (aqui eu incluo a Santa Bia) para ter sucesso em tudo que eu fizer.

Aprendi e incorporei no ano passado a verdade de que quando queremos algo, fazemos QUALQUER coisa para conseguir. E minha querida coaching Ana Cristina Garlet teve um papel fundamental nessa compreensão. Muitas vezes ela até frisava que não estava ali para me convencer de que iniciar uma faculdade agora iria me trazer diversas mudanças, algumas não tão boas num primeiro momento, mas que o trabalho dela era me fazer pensar e refletir sobre todos os lados das minhas vontades. Porque quando escolhemos fazer ou deixar de fazer qualquer coisa, a vida por si só vem e te questiona sobre suas decisões. E o trabalho da Ana era me deixar pronta e extremamente consciente do que eu estava objetivando com essa minha meta. Quantas vezes sentimos vontade de fazer alguma coisa e por impulso ou ansiedade de se mover, agimos sem pensar? Não que seja preciso filosofar sobre cada passo que se dá, mas grandes passadas necessitam de um olhar mais apurado e de clareza sobre todos os seus aspectos, para que elas tenham mais chances de te levar ao lugar aonde você deseja chegar.

Sempre, sempre indico esse livro para quem possa estar confuso quanto à escolhas, metas e afins. Além de ser super motivador é de fácil leitura!!!

Sempre, sempre indico esse livro para quem possa estar confuso quanto à escolhas, metas e afins. Além de ser super motivador é de fácil leitura!!!

Assim, eu me mantenho firme e extremamente feliz (demais da conta) para viver tudo o que a vida tem para me oferecer e para colher todos os frutos das atitudes que eu estou tomando no dia de hoje.

Como eu sempre repito para mim mesma: “cada escolha, uma renúncia”. Porém, quando essas escolhas são resultado das mais profundas reflexões e dos mais verdadeiros desejos, essas renúncias não soam como algo de caráter exclusivamente negativo, mas como uma consequência do poder decisório que você exerceu.

Então, vamos que vamos.

beijo beijo

p.s. respondi todos os comentários deixamos ultimamente, mas descobri que nem sempre vocês recebem alguma mensagem avisando sobre a minha resposta. Então pra quem comentou, deixo o meu agradecimento e peço que vocês procurem ler o que eu lhes respondi!

Anúncios

2 respostas em “Ter sucesso não tem segredo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s