Acontece… – por Laryssa Borges

E é óbvio que eu estou mais sem tempo do que nunca. E no tempo que me sobra, preciso pensar nos meus votos (que não são bem votos de se dizer na Igreja), preciso relaxas, fazer algumas ligações, conferir se estou esquecendo de alguma coisa…

Mas pra não deixar vocês sem nadinha pra ler, deixo um texto de uma amiga querida, que estou há um tempo pra compartilhar com vocês! E sem querer, por “acaso”, ele fala sobre as “coincidências” da vida, que tem tudo a ver com o que eu estou escrevendo pro Marco. Porque nosso encontro na vida foi assim, obra do destino, acaso, conspiração do universo….ou seja lá o nome que vocês queiram dar pra isso.

Dando uma passeada no blog “Dando tilt” da minha querida amiga Laryssa Borges (de quem já falei aqui antes), encontrei esse texto, que diz muito sobre o que eu também penso sobre, o que muitos insistem em chamar de acaso ou coincidência.

O texto a princípio parece um pouco complexo (afinal esse assunto é complexo em si) mas juro que vale a leitura!

“ACONTECE..

Tem gente que chama de destino, providência, coincidência, acaso, conspiração do universo, Murphy. O caso é que, sim, acontece…
Tem coisas que são acidentalmente planejadas. Mas tem coisa que simplesmente acontece porque de alguma forma passos foram dados naquela direção, cujas circunstâncias do caminho nos fizeram tomar aquele rumo ao invés de outro, e dentre as tantas escolhas que poderíamos termos feito, apenas a atitude tomada é que desencadearia outra série de escolhas e decisões.Tem coisas que planejamos e acabam acontecendo de forma inesperada.Porque tem acontecimentos que dependem de tantos outros parâmetros que nos fogem a percepção e que não nos compete conhecer ou compreender, que justamente pelas decisões tomadas desencadeiam cenários em que os nossos planos não tem o desfecho imaginado, precisam ser revistos, mudados, revistos. E, fora do nosso escopo inicial, as coisas continuam acontecendo, e ou a gente se adapta e tira proveito, ou fica às margens do caminho minguando o que não foi.E tem ainda a inexplicável conjunção de planejamento e acaso.

Afinal, quando a gente aceita que o universo (ou Deus, como queiram, não vamos restringir conceitos) tem uma lógica própria pra coordenar tantos planos e circunstâncias e começa a aprender com as mudanças e a enxergar que somos conduzidos a situações para as quais toda uma história de vida teve consequências, e que, de forma voluntária ou alienada, você se acabou chegando ali com bagagem – seja de louros ou lições.

A não-ação não é capaz de evitar que escolhas precisem ser feitas, atitudes tomadas, desafios encarados, lições aprendidas – e muito menos que eventuais derrotas aconteçam. Então, que possamos encher o peito de coragem frente a uma ação,  desfrutar das alegrias alcançadas e aprender com os tombos tomados. Só a partir da ação é que poderemos tomar direções sempre melhores…”

Terminaram? Sugiro que leiam mais umas duas vezes para ficarem ainda mais espantados com a beleza da mensagem que a Laryssa quis deixar.
Bóra encher o peito de coragem, fazer as nossas próprias escolhas, dizer sim para nós mesmos, para que então, o universo, também balance a cabeça, afirmativamente para as nossas decisões?
Gente, não tenho como garantir que esse caminho vá dar no lugar que você almeja chegar, mas confesso que comigo vem dando muito certo!!! Quando eu voltar da lua de mel em Novembro, trarei INÚMERAS novidades pra dividir com vocês. Até lá, é ir torcendo e agindo pra que tudo que eu venho escolhendo fazer, dê certo!!!
Boa semana!!!!
beijo beijo

Foto do nosso casamento civil no sábado retrasado.

E acontece….que nos encontramos, construímos uma vida juntos e estamos muito felizes. Obrigada Universo, Deus, acaso, Vida…

Anúncios

3 respostas em “Acontece… – por Laryssa Borges

  1. Eu acabei percebendo que o acaso está simplesmente na forma como não percebemos as coisas e as desmerecemos.
    Tudo na vida tem uma razão de ser, e tudo tem suas consequências. Cabe a nós saber aproveitar da forma mais positiva os encontros furtivos e fazer deles um elo com a felicidade.

    Você é um desses elos acidentais na minha vida, mas que acabou desencadeando tanta coisa que eu dei um jeito de serem sempre positivas…

    Você merece toda a felicidade que os acasos da vida puderem lhe proporcionar, Ju! O amor é uma decisão diária, que pode até ter começado por acaso, mas definitivamente não é por acaso que ele permanece e cresce nas nossas vidas!

    Recebe o meu mais doce abraço, cheio de desejo de felicidades no seu casamento – agora oficial!

    BEIJÃO!!!

  2. Pingback: O poder do Obrigado! – por Laryssa Borges | Blog "Psicologando"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s