Café com Polêmica – Eu participei!

E segunda à noite, eu gravei como convidada, uma participação no Programa Café com Polêmica.

E apesar de não gostar muito de café e andar fugindo de polêmicas, foi uma experiência muito legal. É um programa gravado por 3 “sujeitos” (já que eu não posso chamá-los nem de meninos, nem de homens, porque fica muito sério, e “caras” soa muito brow) que moram aqui em Florianópolis  e que a cada semana discutem sobre alguns assuntos polêmicos, às vezes com a presença de convidados, às vezes não. Como eu conheço um deles, porque ele é marido de uma amigona, e sabe que eu escrevo num blog, me convidou pra falar sobre algum tema relacionado à mulher.

Eu sempre digo que adoro estudar, ler e observar o universo feminino (mas estou longe de ser analista de relacionamentos, como eles me descreveram na Fan Page do Programa, ok???). Mas confesso que não foi fácil falar sobre isso no meio de 3 homens e sentada numa cadeira chamada de “Cadeira da Inquisição”!

Ainda mais pelo fato de ter que falar, porque apesar de eu gostar de falar, num modo geral, sou melhor escrevendo. Na hora que eles davam início a gravação, eu travava. Não sabia usar o microfone, ficava sem reação, enfim…agora é esperar chegar quinta feira pra matar minha curiosidade e deixar que o meu superego chicoteie as minhas costas.

Fui com a intenção de falar sobre um tema do qual eu já escrevi bastante, “A liberdade como forma de prisão”, que foi um termo que eu escutei da Mirian Goldenberg na Casa Tpm e que resume muito do que eu também penso, sobre a forma errônea em que muitas vezes nós fazemos uso da nossa liberdade. Pra quem quiser ler tem alguns posts sobre o assunto (aqui, aqui, aqui, aqui e aqui).

Mas na hora do “vamos ver”, eu me perdi um pouco no assunto, ficava sem saber como responder as tiradas deles. Porque por mais que eu soubesse que o Programa pede esse tom de polêmica sobre os assuntos, e apesar de eu já ter sido de certa forma, uma pessoa polêmica, com vários opiniões críticas sobre tudo que é tema, hoje eu já não me sinto mais tão confortável nesse meio. Ainda tenho algumas opiniões particulares, mas acho que as ideias do não julgamento, de que cada um é responsável pelas suas escolhas, que ninguém é culpado de nada que tem relação com a atitude ou a falta dela, de outra pessoa e mais todas as mensagens que eu vivo repetindo aqui, essa coisa de polemizar já não cabe mais em mim. Admiro muito quem faz, adoro ler pessoas polêmicas, pessoas que questionam, pessoas que colocam a boca no trombone mesmo, pessoas com um sarcasmo inteligente….afinal, graças à elas, é que muita coisa muda nesse nosso país, por exemplo. Mas hoje essa não é mais a minha meta!

Então, apesar de eu ODIAR minha voz gravada (parece  que eu sou uma patricinha chata – e será que não sou?), apesar de não ter dito tudo o que eu queria dizer, apesar de eu ser muito melhor escrevendo do que falando, a experiência foi super válida. Deu pra sentir o que me espera pela frente, se o meu objetivo for mesmo focar num trabalho em que eu atinja e interaja com o público. E eu procurei deixar claro no Programa, antes que se polemize algo que não é pra ser polêmico, que não sou feminista e muito menos, contra o trabalho das feministas vorazes, ok? Sempre digo que cada um luta com as armas que tem. O intuito foi o de compartilhar a simples ideia de que hoje podemos fazer as nossas próprias escolhas, diante de todas as opções que nos foram oferecidas, graças à luta de algumas mulheres, pela liberdade, ao longo dos tempos.

Amanhã tento postar o link pra vocês ouvirem (e rirem) da minha participação. Ou curtam a Fan Page do Programa no Facebook e acompanhem os comunicados sobre a minha participação.

E hoje à tarde eu e o Marco, junto com a nossa querida fotógrafa do casamento Ana Côrrea, vamos dar uma entrevista pro programa Patrola, que passa aqui na RBS SC, afiliada da Globo. Apesar de ser na televisão dessa vez, acho que a ausência de tiradas vai me deixar mais a vontade pra falar. Fora que o assunto não é nem um tiquinho polêmico!

E a vida esta mega corrida por causa do casamento. Hoje é o último dia pros convidados confirmarem presença, ontem tive uma reunião de tarde inteira com a cerimonial, sexta é a entrega do vestido de noiva, sábado temos um almoço de casamento civil com os padrinhos…ontem fiquei até 3 da manhã atualizando planilhas, resolvendo pendências, entupindo a caixa de emails dos fornecedores. Agora ainda preciso me arrumar, que tenho que entregar uns convites, ir no salão fazer uma maquiagem pra entrevista, ir pra entrevista, resolver mais umas coisas na rua e depois tenho a minha terapia das Lobas.

Ufa. E isso é só um dedo de tudo o que eu tenho que fazer.

Mas eu ei de dar conta. O primeiro passo é dar tchau pra vocês!

Até breve (será?).

beijos

 

Anúncios

Uma resposta em “Café com Polêmica – Eu participei!

  1. Chique hein? Já to vendo a cena, ( E desculpa Juliana, rindo) É que naquele dia que falei contigo ao telefone deu pra notar que tua voz é, digamos, diferente da tua imagem, e você é um pouco tímida para falar com estranhos, não sei se é, mas parece, kkkk. Mas parabéns novamente e quero ver muito esse tua aparição, bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s