Acústico Brognoli 2012 – Homenagem a Elis Regina – EU VOU!

SÓ UM AVISO IMPORTANTE. SEMPRE QUE EU INSIRO UM LINK EM ALGUM TERMO DE UM POST MEU, PRA VOCÊS ELE APARECE NUM PRETO COM UM LEVE NEGRITO (QUASE IMPERCEPTÍVEL). ENTÃO SEMPRE PROCUREM PASSAR O MOUSE EM CIMA PRA CONSEGUIR VISUALIZAR E CLICAR NO LINK!!!

Errata: eu disse ontem que faz 20 anos que Elis Regina morreu mas como mesmo me corrigiu uma leitora num comentário, na verdade faz 30 anos que ela nos deixou. Ta explicado porque eu prefiro as palavras, né? Obrigada Rosália!

Correria sem fim!!! Queria fazer um texto bem bonito, pra mim mesma, amanhã, já que é meu aniversário, mas acho que não vai dar tempo!!!

Estou com uma lista aqui repleta de coisas que tenho que fazer até hoje, até amanhã, até sexta, até sábado, até semana que vem, até final do mês e até o casamento. UFA! Tudo junto e misturado. Falta tempo até pra organizar essa lista.

Mas enfim. Vim hoje rapidinho pra dar uma dica de programação imperdível pra essa sexta e sábado aqui em Floripa.

Pra mim não tem como falar de Elis Regina sem lembrar da música “Como nosso pais”. Ficam sempre ecoando na minha cabeça as partes da música: “Viver é melhor que sonhar, eu sei que o amor é uma coisa boa. Mas também sei que qualquer canto é menor do que a vida de qualquer pessoa” e “Nós ainda somos os mesmos e vivemos
ainda somos os mesmos e vivemos. Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais”. Impossível não se apaixonar pela letra dessa música e pela sua intérprete…

Quando Elis foi dessa pra uma melhor (no caso, melhor pro pessoal lá de cima), eu ainda nem era nascida. Mas artistas como ela nem precisam estar vivos pra se fazerem presentes na vida e na memória das pessoas, são praticamente imortais. Apesar de eu ser suspeita pra falar dela, porque sempre fui um pouco vintage, ou velha mesmo, nos meus gostos, nas minhas preferências e principalmente nas minhas escolhas de programação, sei que Elis encanta a todos. Aos meus, aos seus e aos ouvidos dos outros. Voz que toca na alma. É que nem Gadú cantando Kelly Key. Até Baba Baby entra easy pelos ouvidos, como se fosse a melhor música do mundo.

Então que nesse ano, o Acústico Brognoli, evento que acontece desde 2005 aqui em Florianópolis, homenageia essa estrela, a Estrela, Elis Regina. Pra quem não conhece o Projeto, ele nasceu junto com os 50 anos dessa empresa super consolidada na cidade, visando incentivar a boa música catarinense.

“Crescemos com a cidade e fazemos parte da história dela. Sentimo-nos na obrigação de dar à comunidade o retorno da aceitação de nossa empresa e encontramos na cultura um canal extremamente gratificante para este retorno, que se volta novamente para a empresa, na forma de mais reconhecimento e maior satisfação do público em geral.”

Marcelo Brognoli – Diretor Geral

Nesse ano de 2012, quando se completam 20 anos da morte de Elis Regina, a Brognoli Negócios Imobiliários, que coincidentemente já estava trabalhando com um conceito mais retrô, decidiu homenagear a cantora. Como mesmo diz o release da Sonar Comunicação Mix, agência parceira e integrante da comissão de organização do Acústico Brognoli, ao lado da Orth Produções e do Estúdio Na Mata, desde a primeira vez que o projeto subiu ao palco, “Quem não tem na ponta da língua várias das músicas que Elis imortalizou?”. E foi justamente esses sentimentos que eles buscaram resgatar com a proposta do Acústico desse ano.

O Projeto, que como eu já falei acima, tem como objetivo valorizar músicos e artistas locais, também traz todo ano uma atração de renome nacional. E dessa vez a homenagem contará com a participação da cantora Luciana Mello, filha de Jair Rodrigues, um dos grandes parceiros de Elis ao longo de sua carreira. Outras duas coisas boas do Acústico desse ano (como se precisassem de mais do que o simples fato de ouvirmos Elis) é que o espetáculo acontecerá em dois dias, 20 e 21 de julho, no Teatro Pedro Ivo e nesses dias terá uma exposição com fotos inéditas do último show dela em Porto Alegre em 1981! Delícia.

Nota que saiu num jornal local daqui.

O evento não tem fins lucrativos e a renda obtida com a venda de ingressos, como sempre acontece, será revertida para um projeto social de Florianópolis.

Daí que esse ano, eu fiquei duplamente com vontade de ir. Primeiro porque eu adoro música boa e Elis é música boa em todos os sentidos e segundo porque eu amo a Luciana Mello, desde sempre. Com a correria que eu tenho vivido, acabei esquecendo de comprar os ingressos e quando fui falar com a minha amiga, que é proprietária da Sonar, pelo Facebook, sobre aonde eu poderia comprá-los, recebi um email com um Vale Convite. Pensem na minha felicidade! Já liguei na hora pra minha sogra, perguntando se ela podia ficar com o João e já avisei o Marco que sexta temos uma super programação. Aliás, como falei ontem, minha semana esta cheia de boas programações. E essa é mais uma delas.

Então minha gente, fica a minha dica de programação pra essa sexta e sábado aqui em Floripa. Os ingressos podem ser comprados no Teatro Pedro Ivo mesmo, no TAC, nas Agências Brognoli de Aluguéis e Vendas ou no site da Blue Ticket.

Bóra presentear nossos ouvidos com coisa boa e relembrar os bons tempos da música brasileira?
E amanhã é meu aniversário. Tomara que eu consiga passar por aqui.
beijo beijo
Anúncios

4 respostas em “Acústico Brognoli 2012 – Homenagem a Elis Regina – EU VOU!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s