“Fé é o gosto de viver!”

Como eu falei esses dias, na Quarta Feira retrasada, assisti ao Programa “Viver com Fé” no GNT.

Desde a primeira vez que assisti (a estréia foi em 4 de abril desse ano e tem um pedacinho aqui), fiquei maravilhada com o texto narrado durante o programa, por sua apresentadora, Cissa Guimarães. Acho que todos devem lembrar da perda trágica que ela teve, do seu filho mais novo. Não preciso nem comentar sobre a dor que deve ser pra uma mãe, passar por um momento como esse.

Então que depois de um tempo, Cissa surgiu nesse programa, que fala justamente sobre como muitas pessoas conseguem superar situações trágicas simplesmente tendo fé! Adorei uma frase que a Maria Bethânia usou no último programa, aonde ela diz que não usa a Fé somente quando precisa. Que a Fé é como se fosse um item que ela sempre tem na bolsa, que sempre esta com ela. Eu confesso que ultimamente ando um pouco afastada das questões espirituais. Eu, que sempre fui ligada à isso, da forma que eu encontrava, do jeito que me fazia mais feliz. Comecei pequena, cantando na Igreja aos sábados pela manhã, queria ajudar sempre em tudo que era possível. Em casa eu brincava de Missa e sabia a sequência todinha, até um sino eu tinha. Lembro de ter cantado, só eu e mais uma outra menina (até hoje não sei como porque eu não canto bem), num sábado em que era dia de Catequese do bairro. Me sentia a pessoa mais importante do mundo ali no palco. Quando chegava em casa, minha avó paterna, já falecida, deitava no sofá e fazia eu cantar todas as músicas do meu livrinho pra ela. Apesar de hoje eu não ir mais na Missa (que o padre Waldemar não me leia), sempre que eu escuto uma música de Igreja, principalmente em velórios, eu me acabo de chorar. Vocês não tem noção! Quer ver música de Natal!

Depois que eu fiquei mais velha, fui pra um lado mais oriental da coisa. Comecei a praticar Yôga, a frequentar o Centro Budista do Canto da Lagoa e a ler mais sobre isso. Nunca fui budista mas gosto muito da sua filosofia e a forma como encaram a vida. O Hatha Yôga me acompanha há muitos anos e mesmo eu estando sem praticar há algum tempo, adoro demais! Também já frequentei Centros Espíritas e adoro ler sobre o assunto.

Enfim, Deus sempre esta presente na minha vida, seja da maneira que for. Acredito muito que existe um Deus, apesar das várias religiões, e isso é o que importa e o que me faz acreditar um pouco em cada uma delas, sem desrespeitar nenhuma. E acreditar em Deus é ter o que? Fé!

Só que a minha vida, num modo geral, nunca teve grandes sobressaltos. Eu nunca perdi alguém muito próximo na família, por exemplo, eu nunca sofri um acidente, nunca passei necessidade. Então a minha fé nunca foi bem dizer, algo que eu me agarrei num momento extremo. E assistindo à esse programa, eu percebo o quanto, algo tão abstrato, que não tem grandes explicações, pode mudar a vida de alguém.

Nesse programa da semana passada, foi feito um pequeno resumo de todos os programas da temporada. E o foco principal foi a história de Gilberto Gil, cantor, canceriano, um querido, que também perdeu um filho, assim como Cissa. E ele falou de uma maneira muito bonita sobre essa perda. O que mais me chamou a atenção foi a forma como ele usou pra seguir em frente depois da morte do filho. Ele disse que pelo filho que se foi, é que ele quer continuar vivendo! Por ele, para eles, para significar! Continuar vivendo é como estender a vida de quem não teve essa oportunidade.

Aqui tem um link de uma história que eu vi no programa e que gostei muito também. Vale a olhada. Dá-lhe Dona Virgínia!

Essa coisa de pessoas que tinham tudo pra desistir da vida, mas que escolheram continuar vivendo, lembrou-me a história do Blog Para Francisco. Já ouviram falar dele?

Foto do blog Para Francisco.

Não vou lembrar quando assisti à história da Cristiana Guerra no Globo Repórter, numa das minhas sextas feiras à noite, quando solteira, em casa. Só sei que esse negócio de morte sempre mexe comigo e eu fui correndo achar o blog dela naquela noite. Li o blog inteirinho, madrugada adentro e desde então, apaixonei-me pela maneira de escrever da Cris. Pra quem não conhece a história, leia o primeiro post do blog antigo. Imaginem perder o Grande Amor da sua Vida, pai do seu filho, alguns meses antes desse nascer? Eu sempre tive essa história como exemplo pra mim e sempre admirei demais a força da Cristiana! Hoje sei que ela já esta com vida nova e endereço novo, o “Cartas para Francisco”. Ainda não li tudo mas tenho certeza de que a leitura é válida!

Só um detalhe aqui. Já falei que sou caruda e quase sempre entro em contato com pessoas que eu admiro? Mando emails, deixo comentários e adoro quando tenho alguma recíproca. Há muuuuito tempo atrás (em 21/07/2010) deixei um recado no blog Hoje vou assim, também de autoria da Cris Guerra, falando que estava sentindo falta das dicas de música que ela dava. Pois ela não fez um mini post pra mim? E adivinhem qual era o nome? Para Juliana. Chorei.

Só dois adendos:

1) Escrevi esse post há algum tempo e hoje à tarde, um pouco antes de editá-lo para postar, assisti a reprise do programa dessa semana, que passou originalmente ontem. Adivinhem se não tem mais assunto pra post! Até gravei no meu celular pra não esquecer tudo o que eu quero dizer pra vocês!!

2) Lembram que eu disse que minha mãe esta numa viagem holística (mãe, sei que lesse o meu post pra ti porque vi que tive um acesso do Nepal e quem mais me acessaria do Nepal?). Então que agora enquanto eu estava editando esse texto, ela me mandou um email com notícias sobre a sua estadia no Butão, que segundo ela é considerado o país da felicidade (mãe, essa tua viagem pode dar um livro, hein). E no email ela fala sobre como esta adorando o budismo e suas doutrinas e como o povo lá acredita e tem muita fé. Loucura de coincidência, não? Cada vez mais estou maravilhada com essa sua experiência. Logo você, que apesar de católica e de ter o nome de uma santa no nome, nunca foi muito ligada em religiões, agora esta ai, admirada com uma, que eu também gosto tanto. Sem palavras….

Agora acabou (como diz meu João quando quer encerrar uma música). Logo eu volto. Hoje tirei um tempo pra passar o caderno daquela minha terapia em grupo pro computador. Então logo vem texto sobre o assunto.

beijo beijo

Anúncios

9 respostas em ““Fé é o gosto de viver!”

  1. Falei que não ia mais comentar, mas não aguento!! Sempre que leio tiro algo que precisava ouvir… (ou que queria falar). Enfim… chorei!! (Essa TPM ainda me mata). Mesmo não estando mais todos os dias de corpo presente, vou estar por aqui!! Sucesso!

  2. Oi, Ju…
    Que felicidade e que orgulho tenho em ler tuas sábias palavras… Isso, sábias palavras, pois em cada texto podemos extrair coisas que nos enriquecem a alma, que nos fazem pensar sobre o momento que estamos vivendo, seja ele bom ou ruim… Ter fé é acreditar. Tu acreditaste na tua vocação. Tiveste fé. Foste atrás. Acreditaste em ti! És uma guerreira! Parabéns pelo blog, parabéns pela coragem das tuas escolhas! Beijos…

  3. Nossa muito legal o post ! eu também a pouco assisti o programa e estou maravilhada com ele, não paro de acessar o site e tudo mais … eu sou católica, porém não vou frequentemente a igreja, e gosto de um pouco em cada religião, não tenho preconceitos porque sei que todos ali estão por fé ! adoro o programa no caso a Cissa está a procura da fé de cada um e não dá religião em si, ela quer saber o que fez ou faz você ter o ‘fato’ … Adorei blog ! beijos.

  4. Parabéns pelo seu blog! Lindo! E muito transparente, real e realmente fala da vida! Adorei o programa da GNT Fé Na Vida! Simplesmente lindo, sempre com lições de vida… Uma excelente dica, e um excelente programa de aprendizado e esperança!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s