E faltam 4 meses…♥

E laiá…desse post parecem sair coraçõezinhos…o que é inevitável quando o assunto é ele, o Amor, o meu Amor.

Já que ontem foi Dia dos Namorados, hoje é Dia de Santo Antônio, a partir de hoje faltam 4 meses para o nosso casamento e eu quase não falo dele aqui, apesar de ele ser o meu maior incentivador a escrever (quando falamos do nosso futuro apartamento sempre frisa a necessidade de eu ter o meu canto pra ficar escrevendo), decidi dedicar esse dia pra reforçar o quanto eu o amo, o quanto eu te amo, Marco Aurélio.

Esses dias escrevi no meu facebook: “Hoje a gente não faz aniversário de nada mas eu quis vir aqui dizer o tanto que eu te amo. De verdade. Eu acredito que verdadeiras demonstrações de amor são aquelas não exibidas pra ninguém, além das duas pessoas que se amam. Como uma mão dada embaixo do edredon, por exemplo. Mas de vez em quando falar desse amor na maior rede social do mundo também não faz mal a ninguém! Te amo Amor! Obrigada por ser o meu parceiro, companheiro, confidente, ombro, amante, o melhor pai pra um filho! Te amo mesmo!” E hoje eu vou falar aqui…

“Ele não foi meu amor de infância e nem um amor à primeira vista. Não namoramos durante anos e nem ficamos juntos desde o primeiro dia em que nos conhecemos. Nunca vivemos uma paixão tórrida e nem fizemos grandes loucuras pra ficarmos juntos. Ele cresceu brincando no mato e eu no meio de concreto (mãe arquiteta e pai engenheiro). Ele viveu a vida inteira morando em casa e eu sempre morei em apartamento. Ele não gosta muito de ler e eu enchi a nossa casa com os meus livros. Ele nunca foi de falar sobre os seus sentimentos e eu não sei amar e viver de outra forma. Ele tem o costume de ver o lado ruim das coisas e eu poderia me chamar Pollyanna. Ele como um típico taurino é pura razão e eu como uma típica canceriana sou pura emoção. Ele pensa mil vezes antes de agir e eu quando vejo, já fiz. Ele é super desorganizado e eu maníaca por organização. Ele não pode nem ver sangue e eu tenha uma pasta no email só com fotos avermelhadas. Ele precisa beber umas 20 cervejas pra ficar mais alegre e eu na segunda….Ele só dorme com o seu travesseiro específico, cheio de explicações anatômicas e eu se duvidar durmo até sem travesseiro. Ele não tem agenda e vive esquecendo as coisas e o meu dia é praticamente cronometrado. Ele adora ver filmes de ficção, ação e eu só assisto os que tem a palavra amor. O sonho dele é morar na praia, bem longe do centro e eu só de pensar nisso, quase fico louca.

Mas…

Ao invés de uma louca paixão, o amor que fomos construindo um pelo outro com o tempo, com certeza é muito mais verdadeiro e duradouro. Temos os mesmos valores e os mesmos desejos. Somos muito família e queremos demais ampliar a nossa. Ele é meu paraíso astral no zodíaco e me puxa pra razão quando a minha emoção excessiva me tira um pouco da realidade. Ele me dá MUITO colo, principalmente quando decido chorar por todas as dores do mundo. E me escuta quando eu só precisava disso mesmo, de um pouco de compreensão. Ele me elogia muito pelo jeito que tenho com as palavras e com decoração. Ele me acha super gostosa mesmo eu estando sempre acima do peso. Ele adora me ouvir falar sobre astrologia, psicologia e sempre topa assistir às minhas comédias românticas. Ele adora cozinhar e sempre faz o que eu to com vontade de comer. Ele deu os primeiros (e os segundos, terceiros) banhos no João e sempre foi mega parceiro nos meus momentos de crise pós-parto. Ele sempre esta ali quando eu preciso e quando eu não preciso também, porque às vezes só dividir o mesmo sofá durante a novela já demonstra a mais pura cumplicidade. Ele é um bobão, pessoa do bem, se dá bem com todo mundo e eu tenho fama de antipática. Ele é meu confidente, meu porto seguro. Pra quem eu ligo quando o pneu fura ou quando eu discuto com alguém. É o meu melhor amigo e o meu melhor amante. É meu peguetes, meu ficante, meu namorado, meu noivo, pai do meu filho e logo logo, oficialmente, vai ser meu marido. Ele me resgata e resgata o melhor de mim.

É engraçado pensar que quando lá atrás, eu olhava pra frente, não conseguia nos ver juntos. E hoje, aqui na frente, quando eu olho lá pra trás, não imagino como conseguiríamos viver separados!

Prefiro sempre não me apegar a ideia do “e foram felizes para sempre” mas sei que todos os dias quando eu durmo, é do lado dele que eu quero acordar no dia seguinte, e no dia seguinte, e no dia seguinte…”

Te amo Bigolinozinholindomeu!

Música que passou ontem na rádio e que eu amei!!!

beijo beijo

Anúncios

5 respostas em “E faltam 4 meses…♥

  1. Pingback: Olá novo mundo! | Blog "Psicologando"

  2. Pingback: Feliz Dia dos Namorados à todos aqueles que amam! | Blog "Psicologando"

  3. Pingback: Meu amor, minha inspiração. | Blog Psicologando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s