Crianças à bordo, com Patrícia Papp.

Gente estou cheia de assuntos pra contar mas sem tempo pra sentar e escrever. Mas vou ver se hoje consigo pelo menos falar sobre um tema que vem mexendo comigo nos últimos dias. É engraçado como o mundo conspira às vezes ao nosso favor e vai nos mostrando caminhos pra chegarmos aonde queremos. Amanhã vou numa palestra da Dulce Magalhães aqui em Floripa e estou super empolgada.

O tema faz parte do seu último livro, “O foco define a sorte”, que eu sempre penso em mencionar aqui e acabo esquecendo.

A Dulce é conhecida dos meus pais e uma pessoa super especial. Tenho pouco contato com ela mas sempre que nos encontramos tento absorver ao máximo. Depois que eu assistir a palestra e pensar mais no tema “Foco-objetivos”, escrevo aqui pra vocês. E ah, tudo tem ligação com a co-dependência, viu?

Mas mudando de assunto e continuando a reapresentação de textos relacionados à maternidade (do meu antigo blog), já que ainda estamos em maio, decidi “re-postar” um texto escrito pela mãe e escritora Patrícia Papp, que eu “conheci” assistindo ao Programa da Ana Maria Braga. Julho esta aí e pra quem esta pensando em viajar com as crias, ela tem um livro específico e deu algumas dicas lá no Fala, Mãe! Enjoy

“Crianças a bordo, com Patrícia Papp!

Eu “conheci” a Patrícia durante a sua ida ao programa da Ana Maria Braga para divulgar o seu livro “Crianças a Bordo – Como Viajar com Seus Filhos sem Enlouquecer”.
Adorei o modo como ela encara esse desafio de botar as crianças embaixo das asas e ir desbravar esse mundão a fora. Patrícia me disse que ela e seu marido sempre gostaram de viajar e já foram para os quatro cantos do mundo. Quando seu filho mais velho, Pedro, nasceu, eles decidiram que não iriam deixar essa paixão de lado e fizeram a sua primeira viagem em família quando o pequeno ainda tinha 3 meses! Hoje a família aumentou com Luiza que faz 3 anos em Novembro e já tem o seu passaporte bem carimbado!!

Eu particularmente ainda não fui para o exterior com o João mas já o levei ao Rio, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Caxias do Sul (já fomos 4 vezes e são quase 8 horas de carro), Criciúma…viagens mais curtas mas que com certeza exigiram igual coragem, organização e paciência (e bota paciência nisso)!!

Pedi pra Patrícia falar um pouco sobre como é viajar com os filhos e dar algumas dicas. Espero que vocês aproveitem, entrem no blog dela e também comprem o seu livro!

Bons motivos para viajar quando os filhos são bem pequenos

Estes dias eu estava vendo fotos e pensando sobre as viagens que Luiza, que tem 2 anos e meio, já fez… acho que ela passou boa parte da vida viajando. Já foi pro Sul, para o Nordeste, pro Rio e para São Paulo, para Disney, para Paris, Londres, Dubai e, o mais longe e exótico de todos os destinos: Tailândia.

Muita gente pensa: “Ihhh mas ela não vai lembrar de nada…” . O meu marido tem uma resposta pronta: “Mas eu vou”. Eu acho uma delícia viajar em família, acho que é um momento muito diferente do stress do dia a dia, da correria, dos almoços apressados, do leva e traz da escola. Defendo as viagens em família até o fim.

Por isto resolvi fazer uma lista com 10 motivos para começar a viajar com seus filhos quando eles ainda são pequenos:

• As passagens aéreas para menores de 2 anos são gratuitas ou muito mais baratas, se a criança viajar no colo;

• Enquanto eles ainda não andam (ou engatinham) é você quem decide o ritmo. Eles não se incomodam de passar horas no bebê conforto em uma viagem de carro ou no avião. E ainda não sentem necessidade de explorar o mundo a sua volta;

• Qualquer quarto simples de casal acomoda também um bebê e, geralmente, não é difícil conseguir um bercinho;

• Qualquer bacia serve de banheira improvisada;

• Se o bebê mama exclusivamente no peito, não é preciso levar nenhum utensílio como pratinho, copinho, talheres, lata de leite em pó ou frutas;

• Você pode passear com o bebê no carrinho (sling ou mochila canguru) por horas que ele não ficará cansado ou estressado. Se tiver sono, ele pode dormir tranquilamente;

• Viajar com filhos deixa de ser uma ideia complicada. Na viagem seguinte, a experiência da primeira vai ajudar bastante;

• E por último, e mais importante: as crianças vão se acostumando a viajar, sair da rotina e vai ficando cada vez mais tranquilo.

LÁ NO POST ORIGINAL TEM ALGUMAS FOTOS DAS VIAGENS DA PATRÍCIA COM OS SEUS FILHOTES.
Patrícia muitíssimo obrigada pela sua participação, adorei!! Aguardo vocês aqui em Floripa!!

Mamães espero que tenham gostado das dicas!! Comentem!!

beijo beijo”

Depois de um tempo ainda falei com a Patrícia por email e quando ela me pediu uma dica do que se fazer aqui em Floripa em dia de chuva, eu dei a mesma dica que dei esses dias no Blog Delicinhas de Pera.
Amanhã eu volto.
beijo beijo
Anúncios

Uma resposta em “Crianças à bordo, com Patrícia Papp.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s